loading...

BOMBEIROS - Uma teia de interesses entre bombeiros

Há comandantes que, à revelia da lei, têm empresas de venda de equipamento de combate a incêndios. O Ministério Público está a investigar casos de compra de material desnecessário.

Passam agora cinco meses desde o dia em que morreram 65 portugueses em Pedrógão Grande.

Foto: Beira
Além de uma vasta teia de interesses entre bombeiros, o Sexta às 9 detectou uma fiscalização incipiente por parte da Autoridade Nacional da Protecção Civil, a única instituição que deveria impedir este avultado prejuízo para o erário público.

Só nos últimos nove anos, a ANPC pagou quase 154 milhões de euros em equipamentos para os bombeiros - 87 por cento desta despesa foi feita em regime de ajuste directo.

Fonte: RTP



Loading...
INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.