loading...

ESCRAVA SEXUAL do Daesh foi obrigada a comer o próprio filho

Uma deputada iraquiana revelou como a comunidade yazidi é torturada pelos terroristas.

Numa emotiva entrevista ao canal egípcio, Vian Dakhil, a única deputada Yazidi revelou como a sua comunidade é torturada pelos terroristas do Daesh.


"Uma das mulheres que conseguimos salvar contou que era violada diariamente pelo Daesh. Deixaram-na três dias numa cave sem comida ou água. Depois trouxeram-lhe um prato de arroz e carne, que ela comeu imediatamente por estar esfomeada. Quando acabou disseram-lhe ‘Matámos e cozinhámos o teu filho de um ano que tínhamos raptado. Foi isso que acabaste de comer’", contou a deputada, entre lágrimas.

Vian Dakhil recordou ainda o caso de uma menina de 10 anos que foi violada até à morte em frente à família. "Falei com uma rapariga Yazidid que me contou que os terroristas a raptaram, juntamente com os pais e seis irmãs. Levaram-lhe a irmã mais nova, de apenas dez anos e violaram-na repetidamente em frente à família. Violaram-na até ela morrer. Uma menina que tinha apenas dez anos. Porquê? Porque é que estes selvagens nos fazem isto", questiona a deputada 

Fonte e Foto: Vamos Lá Portugal



INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.