loading...

Violavam filha de 12 anos para a "preparar para a vida adulta"


Um casal está a ser acusado de perpetrar abusos sexuais à filha de 12 anos. Ambos com 34 anos, o homem e a mulher, de nacionalidade russa, podem enfrentar até 20 anos de prisão por alegadamente terem transformado a filha numa "escrava sexual".

Os abusos, que começaram em Dezembro de 2016, tiveram lugar em Volgogrado, onde a família residia. O pai é acusado de violar a menina repetidas vezes, todos os dias, com a mulher e mãe da criança ao lado na cama. Já a mulher é suspeita de torturar a menina sexualmente com um pénis artificial.

A criança foi retirada ao casal. Em tribunal, a mulher, que alega ter sido violada aos 13 anos, disse que os abusos foram planeados pelo casal em conjunto, de modo a "preparar a menina para a vida adulta" desde cedo. O caso foi descoberto quando a menina foi a um médico ginecologista com problemas relacionados com a menstruação.

Foi aí que a criança contou tudo aquilo a que era sujeita diariamente, dentro da sua própria casa. O casal confessou o crime, dizendo que acreditavam que "era melhor que a criança perdesse a virgindade com o próprio pai" do que com qualquer outra pessoa.

Fonte e Foto: Correio da Manhã



INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.